Ana Martin Casari: costurando gerações


Uma história de superação e de garra de uma mulher que é exemplo absoluto de amor e dedicação à família

Ana Martin Casari e sua gatinha Kiara

Na marca dos 95 anos, a costureira aposentada Ana Martin Casari, famosa em Tietê, recebeu o jornal Nossa Folha para contar sobre sua vida de amor e dedicação à família e ao trabalho. Acompanhada da filha Maria Cristina Casari (Pig) e da neta Ana Flavia, esta mulher que carrega uma bagagem de boas histórias contou como foi ficar viúva e ter que cuidar dos filhos sozinha.
Nascida em 6 de junho de 1923, em Jumirim (na época em que o município pertencia a Tietê), da união de Luiz Martin (fundador da fábrica Doces Anhembi) e Maria Pietrobom, a jovem Ana conheceu Felisberto Casari (seu futuro marido) através de José Martin (irmão de Ana) e Maria Luiza Casari (irmã de Felisberto).
Após viver até os 18 anos na companhia dos pais e dos irmãos, em 22 de fevereiro de 1941, casou-se com Felisberto Casari e foi com a profissão de costureira que criou os nove filhos: Áureo Casari (in memoriam), Floriza Casari (Sisse) (in memoriam), Luiz Gonzaga Casari (Branco), Maria Irani Casari (Chiquita), Felisberto Antonio Casari (Berto), Angela Maria Casari, Maria Cristina Casari (Pig), Marcia Casari e Roseli Casari.
Após se casar, permaneceu por quase 20 anos em Jumirim na casa dos sogros, também na zona rural. Até que, no ano de 1959, mudou-se para Cerquilho em propriedade localizada na rua Sabadim, no Centro. Lá, viveu cerca de sete anos até se mudar para Tietê, na rua do Comércio, em prédio onde hoje é O Retalhão.
Em seguida, mudou-se com a família para um sobrado (hoje já demolido) na rua do Comércio, onde se encontra instalado o estacionamento da Vara do Trabalho. Depois, morou em uma casa na rua do Carmo, de propriedade de Tico Beloto, que, tempo depois, veio a comprar com o dinheiro da costura. Hoje, está na rua Antonio Marotti, na Vila Justina.
Dona Ana abandonou as máquinas aos 90 anos por conta da idade, mas por muitos anos desenhou, modelou e costurou modelos de roupas para muitas famílias de Tietê e Cerquilho. Chegou a confeccionar vestidos de noiva e de alta-costura e até ternos. Entre linhas e agulhas, em todas estas décadas, atendeu mulheres, como Ana Leitão, Julieta Luvizotto Nicolau, Ione Sanson, Regina Souza Campos, Solange Mendes, Lucilena Angeli, Silvia Uliana, Sonia Scatena Baggio, Eurides Uliana, Geni Mantovani, Vera e Luiza Poggi, Helena Pilon, Maria Inez Pilon Souza Alves, Dirce Poggi, entre muitas outras.
A costura que começou como um ensinamento virou uma necessidade e permitiu-lhe comprar a sua primeira casa após a morte do marido Felisberto, com um valor como entrada e mais três anos de mensalidade. Durante a entrevista, ela revelou que costurava muitas horas por dia e ainda cuidava dos netos. Disse também que a todos eles sempre ensinou lições de amor, lealdade, honestidade, paciência e união, além de mostrar a importância da economia no ambiente familiar e da desnecessidade de se cultivar sentimentos de ódio ou inveja.
Sobre chegar aos 95 anos, sendo atendida pelos médicos dr. Marcelo e dr. Poggi e vista como exemplo de mulher batalhadora, a entrevistada, muito sorridente, disse que sempre teve saúde, força de vontade e amor à vida e à família.
Além dos nove filhos, tem 17 netos e 13 bisnetos e seu grande xodó é o neto Junior Regonha, vereador e vice-presidente da Câmara de Tietê. “Ele é um menino de coração bom. Sempre foi estudioso, sincero e muito dedicado. Merece ser feliz!”, disse dona Ana.
Sobre a família, a entrevistada contou que:
-Áureo Casari (in memoriam) deixou a esposa Maria Elisa Grecchi e os filhos Peninha e Marcos.
-Floriza Casari (Sisse) (in memoriam) deixou o marido José Carlos Regonha (Jacaré) e os filhos Ana Flavia, Junior e Ana Paula.
-Luiz Gonzaga Casari (Branco), viúvo de Vanda Frota, tem o filho Bruno e os enteados Alexandre e Gustavo.
-Maria Irani Casari (Chiquita), que vive em Florianópolis, está casada com Pedro Giassi e é mãe de Ana Catarina e Pedro Junior.
-Felisberto Antonio Casari (Berto), que vive em Ribeirão Preto, está casado com Katia Bordenalle e é pai de Marina e Gabriela.
-Angela Maria Casari, que vive em São Paulo, está casada com Jorge Pacheco e tem os filhos Georgia, Ana Carolina e Jorginho.
-Maria Cristina Casari (Pig), que também vive em São Paulo, está casada com Fernando Marchesini e tem o filho André.
-Marcia Casari é divorciada e é mãe de Melina.
-Roseli Casari, que vive em Buenos Aires, está casada com José Dwek e tem os filhos Martina e Matias.