Bolsonaro e Haddad decidirão vaga no 2º Turno


Com 29.838 eleitores, Tietê contabilizou 21.382 votos válidos, sendo 78,03% de votantes e 21,97% de ausentes

Em Tietê, em Cerquilho e em Jumirim, o candidato à Presidência Jair Bolsonaro foi o mais votado

Os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) decidirão no 2º Turno quem será o presidente do Brasil nos próximos quatro anos. Ambos disputam a Presidência da República pela primeira vez. Com 100% das urnas apuradas, Bolsonaro obteve 49.276.990 votos (46,03%) e Haddad, 31.342.005 (29,28%). O terceiro colocado, Ciro Gomes (PDT), somou 13.344.366 (12,47%).
Em quantidade de municípios, Bolsonaro venceu em 2.848 cidades, o equivalente a 51% dos municípios brasileiros. Haddad, que também vai disputar o segundo turno, foi o mais votado em 2.614 municípios, o equivalente a 46,9% do total.
O vencedor governará o Brasil de 1º de janeiro de 2019 a 31 de dezembro de 2022.
TIETÊ – Com 29.838 eleitores, Tietê contabilizou 21.382 votos válidos, sendo 78,03% de votantes e 21,97% de ausentes.
No placar do 1º Turno para presidente, Tietê registrou 14.044 votos, ou seja, 65,68% ao candidato Jair Bolsonaro (PSL), 2.272 votos (10,63%) a Geraldo Alckmin (PSDB), 1.712 votos (8,01%) a Fernando Haddad (PT), 1.653 votos (7,73%) a Ciro Gomes (PDT), 941 votos (4,40%) a João Amoêdo (Novo), 182 votos (0,85%) a Henrique Meirelles (MDB), 180 votos (0,84%) a Alvaro Dias (Pode), 150 votos (0,70%) a Marina Silva (Rede), 120 votos (0,56%) a Guilherme Boulos (Psol), 106 votos (0,50%) a Cabo Daciolo (Patriota), 11 votos (0,05%) a Eymael (DC), seis votos (0,03%) a Vera (PSTU) e cinco votos (0,02%) a João Goulart Filho.
Para o Governo do Estado, a votação em Tietê foi assim: João Doria (PSDB) obteve 8.977 votos (47,79%); Paulo Skaf (MDB), 3.266 votos (17,39%); Marcio França (PSB), 2.532 votos (13,48%); Rodrigo Tavares (PRTB), 1.276 (6,79%); Luiz Marinho (PT), 993 votos (5,29%); Major Costa e Silva (DC), 737 votos (3,92%); Rogerio Chequer (Novo), 582 votos (3,10%); Professora Lisete (Psol), 394 votos (2,10%); Professor Claudio Fernando (PMN), 23 votos (0,12%); e Toninho Ferreira (PSTU), seis votos (0,03%). Já Marcelo Candido (PDT) e Lilian Miranda (PCD) tiveram os votos anulados por pendências ainda não julgadas pela Justiça Eleitoral.
João Doria (PSDB) e Marcio França (PSB) vão para a disputa do 2º Turno pelo Governo do Estado após 16 anos tendo candidatos vencendo já no 1º Turno.
Para o Senado, em Tietê, os cinco candidatos mais bem votados foram: Major Olimpio (PSL) (eleito) com 10.852 votos (33,84%); Mara Gabrilli (PSDB)(eleita), 7.563 votos (23,58%); Tripoli (PSDB), 2.974 votos (9,27%); Maurren Maggi (PSB), 2.199 votos (6,86%); e Eduardo Suplicy (PT), 2.040 (6,36%).
Em Tietê, os 10 mais bem votados para deputado estadual foram: Janaina Paschoal (PSL) (eleita), 2.583 votos (13,57%); Manoel David (PSD), 2.489 votos (13,07%); Aldo Demarchi (DEM), 1.627 (8,54%); Coronel Badin (PSL), 1.033 votos (5,43%); Campos Machado (PTB) (eleito), 644 votos (3,38%); Reinaldo Alguz (PV) (eleito), 469 (2,46%); Edson Giriboni (PV), 463 (2,43%); Arthur Mamãe Falei (DEM) (eleito), 373 votos (1,96%); Cauê Macris (PSDB) (eleito), 350 votos (1,84%); e Carlos Giannazi (Psol) (eleito), 314 votos (1,65%).
Já para deputado federal, os 10 mais bem votados em Tietê foram: Eduardo Bolsonaro (PSL) (reeleito), 2.042 votos (10,54%); Guiga Peixoto (PSL) (eleito), 1.443 votos (7,45%); Joice Hasselmann (PSL) (eleita), 1.291 votos (6,66%); Vitor Lippi (PSDB) (reeleito), 1.167 votos (6,02%); Celso Russomanno (PRB) (reeleito), 752 (3,88%); Milton Monti (PR), 516 votos (2,66%); Enrico Misasi (PV) (eleito), 490 votos (2,53%); Tiririca (PR) (reeleito), 411 votos (2,12%); Marcos Pereira (PRB) (eleito), 388 votos (2,00%); e Kim Kataguiri (DEM) (eleito), 386 (1,99%).