CAT e Gargalo perdem e estão fora da final


Decisão ocorrerá no próximo domingo, 5 de agosto, entre as equipes do Zambianco e Cohab, em local ainda não definido pela secretaria

No domingo, 21 de julho, foram realizadas as semifinais da 39ª Copa Tietê de Futebol 2018, com jogos no estádio “Guerino de Leziér Vidotto” (América).
Abrindo a disputa para definir quais os times da final, que tem previsão para ocorrer no domingo, 5 de agosto, a favorita equipe do Zambianco enfrentou o jovem time do CAT, que fez um belo campeonato.
Os jogadores do CAT iniciaram bem na partida e foram se segurando o quanto puderam, mas não conseguiram conter o ataque rápido do Zambianco. Juninho abriu o placar para o Zambianco e Vandinho e Rodriguinho, ainda no primeiro tempo, ampliaram em 3 a 0.
O time do Zambianco impôs bem seu jogo e, na etapa final, Burani fez um belo gol em cobrança de falta, o quarto do alviverde. Finalizando a disputa, Lukinha, do Zambianco, marcou de pênalti e a partida terminou em 5 a 0 para o Zambianco, que chega à quinta final consecutiva.
Não faltou vontade e disposição para o time do CAT, que brigou a todo instante e perdeu com dignidade.
O time do Zambianco jogará a final pela conquista do seu oitavo título na Copa Tietê de Futebol.
No segundo jogo, a partida mais esperada, teve a tradicional equipe do Gargalo, que está de volta às disputas dos jogos amadores, contra o novato time da Cohab, com um elenco fortíssimo e que disputa pela primeira vez a Copa Tietê.
Foi um jogão de bola, no qual a Cohab não tomou conhecimento do adversário e começou com tudo em busca do gol, tendo muito volume de jogo e ameando a todo custo o Gargalo. Porém, quem abriu o marcador foi Baiano, do Gargalo, que, de pênalti, fez 1 a 0 aos 23 minutos de jogo.
Após o jogador Dé, da Cohab, ter cometido infração em cima de Dionata, do Gargalo, dentro da área, mesmo sofrendo o gol, a Cohab não se abateu.
O time recuou muito e não demorou para que Alan empatasse o jogo com gol de cabeça após um perfeito cruzamento pela direita feito por Claudinho. Gol aos 42 minutos para o time da Cohab.
Na etapa final, o Gargalo voltou melhor que a Cohab, mas não conseguiu fazer o gol.
O lance polêmico da partida foi em uma falta assinalada pelo árbitro Thiago e cometida pelo goleiro Danilo, da Cohab, que se enrolou na saída de bola. O auxiliar número dois Paulinho correu para a linha de fundo e assinalou a bandeira. Isso indica pênalti. O árbitro Thiago consultou-o e, mesmo assim, manteve a falta. Houve muita reclamação por parte da equipe do Gargalo.
Na batida da falta, Gustavo, do Gargalo, explodiu a bola na trave. Gargalo, na pressão e no último lance de jogo, aos 42 minutos, teve outra chance após um levantamento de bola na área feita por Gustavo pela direita. Dionata cabeceou no canto inferior do goleiro Danilo, que faz uma grande defesa, garantindo que a partida fosse decidida nos pênaltis.
Nas penalidades, a confiança do goleiro Danilo, da Cohab, aumentou e a equipe do Gargalo desperdiçou as três primeiras cobranças, uma no travessão e outras duas defendidas pelo goleiro adversário. Já a Cohab marcou as três primeiras cobranças de pênalti e venceu pelo placar de 3 a 0, conquistando vaga na final contra o Zambianco.
A final da 39ª Copa Tietê de Futebol 2018 está prevista para ocorrer no domingo, 5 de agosto, em local ainda não definido pela Secretaria Municipal de Esportes, Juventude e Lazer (Sejul).
A Copa Tietê de Futebol 2018 tem realização e organização da Sejul, apoio da Prefeitura e cobertura do Nossa Folha, César Guitte Esportes, Órion TV e Dinesportes.