Centro de Tietê tem madrugada violenta


Na segunda, 3 de setembro, o banco Itaú foi alvo de uma quadrilha que explodiu o cofre da referida agência bancária

Quantia levada pelos bandidos na ação na Lara Campos não foi divulgada pelo banco

Na madrugada de segunda, 3 de setembro, três homens encapuzados e armados invadiram a agência bancária do Itaú, na rua Lara Campos, no Centro de Tietê, explodindo o cofre e levando o dinheiro.
Segundo informações da Polícia Militar (PM), por volta das 3 horas, a equipe foi avisada que, dentro da agência, havia homens com armas de cano longo e que, após, explodiram a unidade bancária que ficou parcialmente destruída. A PM foi informada, ainda, que os bandidos durante a fuga efetuaram disparos contra a agência do Santander e a casa lotérica próxima à Caixa Econômica Federal. Devido à ação dos criminosos, estilhaços ficaram espalhados pela rua dr. Palinuro.
A Força Tática, o Comando de Força e o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) também foram acionados, sendo que munições e pregos usados para estourar os pneus das viaturas foram apreendidos. Quantia levada pelos bandidos não foi divulgada. Não houve feridos.
Em nota, o Itaú lamentou o fato e afirmou que a destruição da agência prejudica a população, que deverá se deslocar a cidades vizinhas, como Cerquilho, para receber atendimento. Transações bancárias poderão ser feitas via internet banking e rede 24 horas.
ROUBO – Em Cerquilho, na quinta, 30 de agosto, um homem foi amarrado por ladrões e teve o carro roubado no bairro Galo de Ouro. Segundo a Guarda Civil Municipal (GCM), moradores pediram ajuda depois que passaram pelo local e encontraram a vítima no chão com os braços amarrados.
Ainda segundo a GCM, o homem contou que estava perto de casa quando foi rendido por dois criminosos. Antes de fugirem, os indivíduos deram várias coronhadas e amarraram os braços da vítima. Apesar dos ferimentos, o homem não precisou de atendimento médico. Caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Tatuí.
TENTATIVA DE ASSASSINATO – Em Boituva, na manhã da quinta, 30 de agosto, um homem de 30 anos foi preso ao desferir golpes de facão na mulher, de 37 anos, dentro de um ônibus escolar.
Acusado entrou no ônibus e partiu para cima da ex-mulher, que é monitora escolar. O motorista do veículo tentou proteger a vítima e também foi gravemente ferido. Dentro do ônibus, além do motorista e da mulher, estavam cerca de 30 crianças.
Segundo a polícia, desde fevereiro deste ano já existia medida protetiva a favor da monitora por ameaça e o acusado tinha passagens por roubo e embriaguez ao volante. A mulher teve os dedos das duas mãos decepados e cortes profundos na cabeça, braços e joelhos. Devido à gravidade dos ferimentos, a equipe médica que a atendeu precisou amputar uma das mãos. Já o motorista do ônibus sofreu cortes no rosto, cabeça e braço.
Após o crime, o homem desceu do ônibus e abordou um carro que passava pelo local, obrigando o motorista a levá-lo. Eles seguiram até a Rodovia Vicente Palma, uma das opções para sair de Boituva. Ideia era fugir, mas uma equipe policial encontrou o criminoso com o motorista. Como o suspeito estava com as armas do crime e sujo de sangue, ele foi preso e autuado por dupla tentativa de homicídio seguida de roubo com retenção de vítima. Uma faca e o facão foram apreendidos. Já as crianças que presenciaram a tentativa de assassinato estão recebendo apoio psicológico.
FURTO – Na terça, 28 de agosto, por volta das 12h40, uma mulher furtou o cofre de Santo Antonio na igreja matriz Santíssima Trindade, no Centro de Tietê. Segundo o Boletim de Ocorrência, uma desconhecida entrou na igreja, quebrou o cadeado do cofre e levou R$300. Imagens das câmeras da igreja foram entregues ao Setor de Investigações da Delegacia de Tietê.

Assaltantes invadem a Coocerqui

Em Cerquilho, por volta das 20 horas da terça, 4 de setembro, cinco homens encapuzados, sendo três deles portando armas de cano longo, assaltaram a Coocerqui Nova Cerquilho, localizada na avenida João Pilon.
Ação dos bandidos foi registrada pelas câmeras de monitoramento do estabelecimento comercial. Durante o roubo, o grupo fez com que funcionários e clientes deitassem no chão enquanto tiravam o dinheiro dos caixas e subtraíam bebidas alcoólicas. Vários tiros foram disparados para o alto para intimidar as vítimas. Ninguém se feriu.
Agora, a Policia Civil de Cerquilho busca identificar os bandidos, que fugiram levando quantia de dinheiro não divulgada.