Dau Fabri quer explicações sobre redução de aulas


Visando obter mais detalhes sobre as aulas oferecidas pela Prefeitura de Tietê às pessoas da terceira idade, na sessão ordinária da Câmara Municipal realizada na terça, 3 de outubro, o vereador Dau Fabri (PHS) apresentou requerimento em que requereu informações sobre as atividades do grupo Vivendo Feliz, mantido pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social.
Conforme explicou em seu requerimento, são várias as reclamações que se referem à falta de um local fixo para que os idosos possam realizar suas atividades de maneira adequada, sem precisar ficar se deslocando.
“Reclamações também se referem à diminuição e à falta de atividades prestadas pela administração municipal na realização de aulas diversificadas destinadas à melhor idade”, explicou em seu pedido.
Dau Fabri quis saber os motivos da diminuição das aulas e várias modalidades, como esportes, danças e outras áreas, e se há projetos e estudos para adequação de um local físico destinado ao grupo Vivendo Feliz para que sejam concentradas ali todas as atividades realizadas.
CULTURA – Na mesma sessão, o vereador do PHS também trouxe requerimento em que apresentou reclamações de um ex-aluno da Oficina Cultural que fazia aulas de teclado no local.
Vale lembrar que a Oficina Cultural é mantida pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura.
Devido à importância deste e de outros cursos realizados para pessoas de baixa renda e sendo a Oficina Cultural uma das únicas opções de cursos culturais da cidade, Dau Fabri questionou quais os motivos que levaram a administração municipal a optar pelo corte das aulas de teclado.