Luiz Antonio Montanham


O saudoso esportista Luiz Antonio Montanham foi o fundador do Clube Atlético Cruzeiro, de Tietê, criado em 14 de abril
do ano de 1996, e o responsável pelo importante trabalho do projeto Atleta Cidadão em quatro categorias: Fraldinha, Pré-mirim, Mirim e Infantil. Através dessa iniciativa, na época, Montanham auxiliou muitas crianças.
Falecido em 10 de abril de 2017, em Piracicaba, aos 56 anos, Montanham tinha como característica aquele jeitão general, mas, ao mesmo tempo, era o melhor coração do mundo. Quantos meninos e meninas tiveram a oportunidade de entrar para o esporte e aprender lições de cidadania, dignidade e respeito!
Foram muitos os atletas que despontaram para o estrelato. Como exemplos estão João Paulo, que passou pelo São Paulo Futebol Clube, Bahia, Criciúma e, agora, está no Ceará. Além dele, tem Canídia, Pantanal, Leandro Falci, William Matozo, Thiago Mello, Gabriel Viana, William Alves e, pelo lado feminino, Aline Urbano, Eliana Cristina da Silva e Eloisa Botigelli.
Com o grande número de crianças e com resultados surpreendentes, Montanham acumulou títulos com as cores azul e branco. Sua segunda casa era o estádio municipal “Alfredo Melaré” (Cohab) e sua segunda família, o Cruzeiro. Ali, como treinador e paizão, por 20 anos ajudou as crianças a sonharem com uma vida melhor. Foi responsável por um pedaço da infância sadia da grande maioria dos meninos de Tietê.
Quem nunca viu Montanham com a sua Kombi, com o símbolo da raposa, lotada de crianças rumo aos treinos ou às disputas nas cidades vizinhas? O saudoso esportista sempre gostou de recordar que, pela categoria Fraldinha, de janeiro a dezembro do ano de 2003, passou por 40 partidas invicto, acumulando 37 vitórias e três empates.
Montanham ainda esteve à frente da Escola de Samba Acadêmicos da Cohab como presidente e foi vencedor de 2005 a 2008. Também trabalhou como colaborador esportivo na coluna Nosso Esporte, do jornal Nossa Folha.
Deixou a esposa Marisa e os filhos Tatiane, Juninho e Tamara. Em 11 de agosto do ano passado, nasceu o seu primeiro neto: Enrico Uliana Montanham, da união de Isabela Bellaz Uliana e Luis Antonio Montanham Júnior, seu filho caçula.
É certo que desde sua partida, aquele campo da Cohab nunca mais foi o mesmo. Hoje, por meio dessa homenagem, quero lembrar as nossas autoridades de uma história que jamais será esquecida, pois se trata de um legado construído com dignidade e amor.
Hoje, Montanham descansa em um bom lugar, mas nós esperamos o reconhecimento do seu valor eternizado em terras tieteenses.
PIADINHA DA SEMANA – Um homem sai do motel com a sua amante e dá de cara com o seu filho. Ao perceber que não tinha como se livrar do flagrante, fala:
– “Filho querido, vou te dar R$150 para você não falar o que viu para a sua mãe!”
O filho, então, responde:
– “Ok, meu pai! Combinado, mas da próxima vez o senhor vai aumentar esse valor, porque, nesse tipo de situação, a mamãe me dá R$200”.