Perfil entrevista Aline Garatini


Aline Garatini, filha de Cleonice da Silva Garatini e Reinaldo Garatini, nasceu em 2 de julho de 1982, em Borrazópolis, no Paraná. É formada em Administração/Processos Gerenciais e atua como compradora na empresa Terlizzi. Vive em união estável com Giva Pereira.
Eu sou? Grata a Deus por tudo que Ele faz por mim.
Sinônimo de beleza? Aquela que vem de dentro.
Cantor e cantora? Não tenho nenhum especial.
Ator e atriz? Gerard Butler e Jennifer Aniston.
Sonho? Saúde.
Amor? Família, com as qualidades e os defeitos!
Solidão? Se necessária, serve para refletir.
Deus? Perfeição.
Religião? Amor ao próximo.
Filme? Redenção.
Sonho de consumo? No momento, nada!
Defeito? Sou 8 ou 80.
Qualidade? Honestidade.
Lugar? Aquele que me faz sentir paz.
Lazer? Estar com a família e os amigos.
Qual livro de cabeceira? Bíblia.
Qual profissão teria escolhido sem ser a sua? Não consigo imaginar. Há 22 anos trabalho na Terlizzi e, há cinco anos, faço maquiagem aos fins de semana. Sou feliz assim!
Momento da vida para repetir? Churrasco na casa dos meus pais, quando meu pai e avô ainda estavam conosco.
Alegria? Ver minha família reunida!
Tristeza? Perder, em menos de um ano, o meu avô, o meu pai e a minha sogra.
Decepção? Por aquelas pessoas que não conseguem ver o sucesso ou a alegria de alguém sem sentir inveja.
Receita contra o tedio? Trabalhar, principalmente quando se tem prazer em fazê-lo.
Tem saudades do quê? De quando a família era completa, daquela família antes das perdas.
Amizade é? Para todas as horas, respeitando sem julgar.
Amigo especial? Graças a Deus, tenho mais de um amigo especial. Uma é a minha irmã, a Ju. Ela é demais!
Palavra que riscaria do vocabulário? Hipocrisia.
Ídolo? Minha mãe.
Frase? Quem não sabe enxergar o que tem, vive como se não tivesse nada.
Nota 10 para: as pessoas que vivem para ajudar, que abrem mão das suas vidas para levantar quem está caído.
Nota zero para: as pessoas que julgam sem saber o que o outro passa ou passou.
Grande homem ou grande mulher? Meu paizinho, que se foi e nos deixou um exemplo de caráter e honestidade.
Planos para o futuro? A felicidade e a paz! Elas sempre serão a minha prioridade para todos os dias.
Recado: Quando a gente não sabe se colocar no lugar do outro, a vida coloca a gente lá para aprender na prática.