Perfil entrevista Patricia da Silveira


Patricia Regina da Silveira, filha de José Carlos da Silveira e Maria Helena Raviccini da Silveira, nasceu em 9 de fevereiro de 1973, em Piracicaba. Formada em Nutrição pela Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep), é profissional autônoma e mãe do Enzo Silveira.
Eu sou? Aquariana extrovertida, mas também explosiva.
Sinônimo de beleza? Vem do coração.
Cantor e cantora? Djavan e Ivete Sangalo.
Ator e atriz? Rodrigo Lombardi e Marina Ruy Barbosa.
Sonho? Um Brasil melhor para todos nós.
Amor? Meu filho Enzo.
Solidão? Horrível! Por isso, temos que ter muitos amigos.
Deus? Tudo para mim, pois para Ele tudo é possível.
Religião? Católica.
Filme? Uma linda mulher.
Sonho de consumo? Conhecer as Ilhas Maldivas ao lado de uma pessoa que é especial para mim.
Defeito? Ser sincera, falar o que pensa.
Qualidade? Ser mãe!
Lugar? Praia do Forte em Salvador, na Bahia.
Lazer? Sol, piscina, mar, shopping, barzinhos…
Qual o livro de cabeceira? Bíblia sagrada.
Qual profissão teria escolhido sem ser a sua? Arquiteta.
Momento da vida para repetir? O dia em que eu peguei o meu filho Enzo no colo pela primeira vez.
Alegria? Quando cheguei em casa com o Enzo, bebezinho.
Tristeza? Perda dos meus avós e tios.
Decepção? Criar expectativa e não dar certo. Sofremos, mas também crescemos com isso.
Receita contra o tédio? Sair e fazer caminhadas.
Tem saudades do quê? Da minha infância.
Amizade é? Ter alguém da sua confiança para poder contar em momentos felizes e tristes da vida.
Palavra que riscaria do vocabulário? Adeus.
Ídolo? Meu avô João Raviccini, já falecido.
Frase? Nunca diga ‘não vou conseguir’, mas tenha muita fé.
Nota 10 para: os políticos eleitos que assumiram o País, com a responsabilidade de melhorá-lo.
Nota zero para: o ex-presidente Lula.
Grande homem ou grande mulher? Meu pai e minha mãe.
Planos para o futuro? Criar meu filho e vê-lo formado. E um desejo especial é que o Brasil caminhe para um futuro melhor.
Recado? Que a força do bem nos guie e nos proteja sempre!