Saiba como desenvolver a inteligência sexual


Cultivar o amor próprio e a autoestima são indispensáveis para o pleno desenvolvimento da sexualidade de homens e mulheres

Há alguns anos, tem surgido um novo conceito de inteligência: a sexual. Segundo os pesquisadores Sheree Conrad e Michael Milburn, ambos psicólogos e professores da Universidade de Massachussets, nos Estados Unidos, a inteligência sexual pode ser desenvolvida, mas, para isso, é preciso alguns passos importantes.
Para as psicólogas Denise Miranda de Figueiredo e Marina Simas de Lima, fundadoras do Instituto do Casal, a inteligência sexual não tem relação com ter um corpo bonito e conhecer a biologia do sexo. “A inteligência sexual depende de diversos fatores e está ligada diretamente aos sentimentos despertados pelo sexo e como a pessoa consegue vivenciá-los”, disseram.
Para Denise, a ausência de inteligência sexual ocorre, principalmente, devido à ignorância e aos preconceitos em relação ao sexo formados durante a vida. “Muitos fatores podem impactar negativamente na sexualidade, como o tipo de educação recebida. Se a educação recebida foi repressora em relação ao sexo, por exemplo, a pessoa pode levar consigo muitos preconceitos e apresentar dificuldades para lidar bem com a própria sexualidade”, relatou Denise.
As terapeutas selecionaram algumas dicas para desenvolver a inteligência sexual:
Explore seu próprio corpo – Essa é a primeira lição para melhorar sua inteligência sexual. Cada parte do corpo deve ser analisada. Isso vale para homens e mulheres.
As zonas erógenas variam de pessoa para pessoa, por isso, é importante entender exatamente onde elas estão localizadas, que tipo de estímulo traz prazer, entre outros. Para as mulheres, as terapeutas sexuais recomendaram usar espelhos para explorar partes do corpo e conhecê-lo da maneira mais adequada.
Converse sobre o que você gosta e sobre o que não gosta – O outro não tem obrigação de adivinhar suas preferências. O casal precisa ter um canal de comunicação aberto quando o assunto é sexo. Cada um precisa dizer ao outro suas fantasias, desejos, o que agrada, o que não agrada, entre outros.
Use a criatividade – A criatividade é tudo quando o assunto é sexo, principalmente em um relacionamento de muitos anos. Lugares diferentes, posições diferentes, fantasias, tudo é válido, desde que haja um acordo bom para ambos.
Cultive o amor próprio – Uma pessoa que tem uma inteligência sexual bem desenvolvida lida muito bem com a aparência do corpo, ou seja, independente do tamanho do pênis, de ter celulite, estrias ou estar acima do peso, na hora do sexo, isso não importa. Autoestima é essencial, assim como o amor próprio.