Jovem tenta suicídio ao se jogar de passarela


Jovem tenta suicídio ao se jogar de passarela

A jovem foi levada para a Santa Casa de Cerquilho e transferida para o Conjunto Hospitalar de Sorocaba

No sábado, 13 de novembro, uma jovem de 18 anos tentou tirar a sua própria vida ao se jogar de uma passarela localizada na Rodovia Antonio Romano Schincariol (SP-127), nas proximidades do asilo, em Cerquilho.
Motoristas e pedestres que passavam pelo local ficaram assustados com o comportamento da jovem. Ninguém conseguiu impedir a tentativa de suicídio.
De acordo com informações do Plantão Policial de Tatuí, onde a ocorrência foi registrada, a jovem foi socorrida e levada para a Santa Casa de Cerquilho e, posteriormente, transferida para o Conjunto Hospitalar de Sorocaba e até o fechamento desta edição, ontem, 18 de novembro, ela seguia internada em tratamento diante dos traumas físicos sofridos com a queda.
PRISÃO – Na quinta, 11 de novembro, policiais militares de Porto Feliz e Tietê efetuaram a prisão de um homem pelo crime de receptação e recuperaram uma motocicleta furtada a cerca de dois meses em Jumirim. Após as equipes policiais tomarem conhecimento de que a motocicleta furtada no município de Jumirim estava sendo anunciada em um aplicativo de vendas no município de Porto Feliz, os policiais se deslocaram ao local para averiguação.
No local, o homem em posse da motocicleta informou tê-la adquirido de um terceiro, sem documentação e não sabia que se tratava de produto de furto. A motocicleta ostentava placa adulterada e estava com a numeração do chassi suprimida, porém, devido a outros sinais característicos foi possível constatar que a motocicleta era furtada. O receptador e a vítima foram conduzidos à Delegacia de Polícia, ouvidos e liberados. A motocicleta permaneceu presa para ser periciada.
CONDENADO CAPTURADO – Na terça, 16 de novembro, uma equipe da PM foi solicitada pela Promotoria Pública do Fórum de Cerquilho para prestar apoio. No local estava um indivíduo que revia sua situação criminal e era procurado pela Justiça pelo crime de violência doméstica. Diante dos fatos, o acusado precisou ser encaminhado ao plantão policial e lá permaneceu à disposição da Justiça.