Má conservação de brinquedos do Parquinho preocupa


Má conservação de brinquedos do Parquinho preocupa

Má conservação do mobiliário do Parquinho da Cohab foi alvo de reclamações

A falta de manutenção no mobiliário esportivo e lazer do Parquinho da Cohab, em Tietê, levou moradores a reclamarem sobre as precárias condições ao Departamento de Jornalismo deste semanário, através da coluna Cidadão-Repórter.
“Nossas crianças correm risco de contrair uma doença, tétano, ao se cortarem nestes brinquedos. Aliás, estão com o direito de se divertirem cerceado por não ter condição adequada para brincar”, disse uma mãe.
Para um pai, que também reivindicou melhorias ao Parquinho da Cohab, a falta de espaços estruturados de lazer e prática esportiva desencadeiam problemas futuros às crianças. “Quando os pequenos não ocupam a mente e o corpo com coisas boas, podem enveredar para outro lado, nada bom. Sem falar que tantas crianças ficam só no celular ou computador por não ter um parque, uma praça para brincar. Nós temos, mas a má conservação impede que eles usufruam do espaço”, comentou.
Os aparelhos estão enferrujados e deteriorados pela força do tempo, causando perigo a quem frequenta o lugar.
Portanto, os moradores pedem que sejam feitas melhorias no Parquinho da Cohab, sobretudo, a substituição por novo mobiliário esportivo e lazer pela Prefeitura de Tietê.
Até o fechamento desta edição, a Prefeitura de Tietê não havia respondido a reclamação. Contudo, o semanário registra que está com o espaço aberto para resposta da Prefeitura.