Novas apreensões de drogas pela PM revelam esquema de tráfico


No bairro São Pedro, 1.465 pinos de cocaína e R$285 em dinheiro foram encontrados

Em patrulhamento pelo bairro São Pedro, em Tietê, no sábado, 29 de junho, a Polícia Militar (PM) recebeu denúncias anônimas que apontaram ponto de tráfico de drogas em uma residência da rua Erasmo Kerberg.
No local, policiais militares viram um adolescente, de 16 anos, correr ao avistar a viatura e, em seguida, entrar em outra propriedade. Mesmo tentando fuga, a equipe policial conseguiu alcançá-lo e, no bolso da sua bermuda, foram encontrados 33 pinos plásticos com cocaína e R$285 em dinheiro.
A PM também localizou uma porção de maconha com uma mulher que residia no imóvel. Ao ser questionada, a indiciada, de 19 anos, informou que outras pessoas frequentavam a residência, sendo localizados o adolescente e outro homem, de 23 anos, investigado por tráfico de entorpecentes.
A indiciada disse, ainda, que o rapaz havia pego com ela as chaves de outro imóvel na rua Miguel Lulia. A PM seguiu ao local indicado e, na referida casa, não havia ninguém, somente 1.144 pinos com cocaína em um balde, balança de precisão, misturador e três recipientes menores com resquícios de drogas. Também havia um celular, cuja tela mostrava a foto do investigado.
Para localizá-lo, os policiais militares dirigiram-se à residência da mãe do suspeito e, no quarto do investigado, foram encontrados 126 pinos de cocaína, semelhantes aos do balde. Rapaz, que se encontrava na casa, acabou preso.
Na Delegacia, quando apresentava a ocorrência, a PM recebeu nova denúncia de que um motorista de aplicativo havia entregue duas sacolas contendo drogas na residência da indiciada, de 19 anos, que havia deixado uma babá para cuidar da filha e da irmã, ambas menores.
De volta ao imóvel, a PM recebeu da babá as sacolas entregues. Em uma delas, havia 162 pinos de cocaína e 54 pinos com crack. Motorista do aplicativo foi localizado e informou que o jovem havia subido em seu carro com as sacolas com destino à casa da indiciada. No local, acabou surpreendido pela polícia.
O condutor disse, ainda, que aguardou eventual abordagem policial, decidindo ir para a casa depois disso. Ao conversar com a esposa e sem saber que tinha drogas nas sacolas, resolveu entregá-las na Erasmo Kerberg, no endereço onde o menor foi apreendido.
Por não possuir antecedentes criminais nem denúncias, o motorista do aplicativo acabou liberado pela polícia após depoimento.
Ainda na Delegacia, o celular do menor tocou e, quando os policiais atenderam, uma voz perguntou sobre a venda de entorpecentes. Não tendo resposta, ligou para o celular da acusada, que informou que se tratava de um homem, de Laranjal Paulista, responsável por trazer as drogas e receber o dinheiro das vendas.
Para a polícia, os fatos indicam que a indiciada entregou as chaves do imóvel da rua Miguel Lulia para que o adolescente e o homem pudessem manipular as drogas. Jovem foi pego quando devolvia as chaves para a investigada.
Na elaboração da ocorrência, o adolescente revelou, ainda, que um traficante de drogas estaria em um hotel da cidade e, em razão da grande apreensão de entorpecentes, busca vingança contra os policiais militares. Desse modo, os adultos foram presos e o menor apreendido por tráfico de entorpecentes, sendo encaminhados à audiência de custódia em Piracicaba.
TRÁFICO DE DROGAS 2 – Ainda em Tietê, na quarta, 3 de julho, no bairro Povo Feliz, dois homens foram presos pela PM por suspeitas de tráfico de entorpecentes.
Após denúncia anônima sobre tráfico de entorpecentes no campinho, policiais militares seguiram até o local quando viram um rapaz, de 20 anos, jogar uma blusa no chão. No bolso da peça de roupa, verificaram que havia um tijolo de maconha, R$55 em dinheiro e um aparelho celular.
Com o indiciado, estavam outro homem, de 21 anos, e sua companheira. Em revista pessoal junto ao acusado de 21 anos, foram encontrados cinco pinos com crack e, em volta deles, sacos plásticos vazios.
Em deslocamento à residência do segundo abordado, em uma panela que havia dentro do fogão, a PM localizou sacos plásticos idênticos aos anteriores. Neles, tinham 15 pinos com crack. Também foram apreendidos, em uma bolsa, R$100 e três aparelhos celulares.
Diante dos fatos, a dupla acabou presa por tráfico de entorpecentes. Já a mulher foi liberada, pois não havia antecedentes criminais nem denúncias contra ela.
TRÁFICO DE DROGAS 3 – Em Cerquilho, no bairro Di Napoli, a Guarda Civil Municipal (GCM) prendeu na terça, 2 de julho, um homem por tráfico de entorpecentes.
Após denúncias, no imóvel do acusado, os guardas civis municipais encontraram sete tabletes e pés de maconha, os quais foram apreendidos. Morador recebeu voz de prisão e foi levado à Central de Flagrantes de Tatuí.