O Rio Tietê e suas histórias


Por Laureine Foltram Valentim Milanez

Durante uma conversa, Hélio Gardenal sugeriu a mim a iniciativa de escrever a história dos pescadores do Rio Tietê. Para isso, fiz uma visita para conhecer esses talentosos tieteenses que atendem ou atendiam pelos mais curiosos apelidos, uma das características notáveis da nossa cidade.
Conheça alguns apelidos dos pescadores do município de Tietê:
Nicolau Gobo – Nico Gobo
José Augusto de Moraes – Lontra
Benedito Gonzaga de Moraes – Nhá Tusca
José Ferraz de Campos – Zé Ferraz
Osvaldo Ferraz de Campos – Pampinha
Paulo de Lourdes Alves do Santos – Paulo da Bomba
Hugo Nicolosi – Hugo soldado
José Paletó – Zé paletó
Antônio Piva – Piva
Geraldo Floriam – Piva
Joaquim Ribeiro – Joaquim soldado
Benedita Rodrigues Ribeiro – Benedita Pexera
Francisco Romano Pires – Chico pinga
Renato Pires – Renato pinga
Manoel Lopes – Maneco Lopes
José Mazzucato – Seu Zé
Hugo Pesci Arcangeleti – Hugo da farmácia
Geraldo Antônio Fré – Geraldo Fré
Francisco José de Castro Lima – Bodinho
José Dias de Campos – Caneca e capitão Pedroso.
Nas próximas edições, relataremos histórias clássicas de pescadores do Rio Tietê.