Para Otávio, o controle dentro das quadras é um desafio


Para Otávio, o controle dentro das quadras é um desafio

Otávio é aluno da Emeb “Lyria”

Otávio Augusto dos Santos Carvalho é o trigésimo terceiro entrevistado do jornal Nossa Folha na série especial dedicada aos atletas do handebol, comandados pelos treinadores Fábio Vidotto Beloto e Gustavo Prado.
Nascido em 13 de novembro de 2007, em Tietê, o filho da Andreia Carvalho e do Gervásio Carvalho e irmão do Welliton e da Maria Eduarda estuda na Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) “Professora Lyria de Toledo Pasquali”, no bairro Cohab.
No handebol, joga como central e meia pela categoria Infantil. Entre os títulos conquistados estão:
2018 – campeão da Liga de Handebol do Estado de São Paulo (Lhesp) pela categoria Mirim.
2019 – campeão da Liga de Handebol do Estado de São Paulo (Lhesp) pela categoria Mirim e Infantil.

NOSSA FOLHA – Enquanto atleta, como você se define?
OTÁVIO – Eu me defino como uma pessoa boa para o time.

NOSSA FOLHA – Como foi seu início na equipe? Teve alguma influência?
OTÁVIO – Meu início foi assim! Eu assistia aos treinos da minha irmã Maria Eduarda e, em um certo dia, decidi começar a jogar e, desde então, não parei mais.

NOSSA FOLHA – O que você mais ama e mais odeia quando está nas quadras?
OTÁVIO – Eu odeio quando eu jogo mal e amo quando o time alcança uma vitória.

NOSSA FOLHA – Quais são os maiores desafios pessoais neste esporte?
OTÁVIO – Acredito que me controlar dentro da quadra.

NOSSA FOLHA – Qual é a importância dos treinadores?
OTÁVIO – Eles são muito importantes, pois nos ensinam bastante.

NOSSA FOLHA – Qual oportunidade o handebol lhe proporcionou?
OTÁVIO – Permitiu fazer novas amizades, conhecer cidades e aprender mais.

NOSSA FOLHA – Quais expectativas você tem em relação às competições em um cenário pós-pandemia?
OTÁVIO – Eu espero que nós possamos voltar com aquela intensidade incrível aos campeonatos.