Policiais militares impedem furto em comércio


Com uso de um martelo, criminoso tentou quebrar a vidraça de uma relojoaria e ótica, instalada no Largo São Benedito, no Centro

Criminosos portavam réplica de revólver e usavam toucas ninjas

Em Tietê, na madrugada da sexta, 5 de julho, a Polícia Militar (PM) realizava patrulhamento pela área central da cidade, quando visualizou um homem na tentativa de quebrar a vidraça de uma relojoaria e ótica, no Largo São Benedito, com uso de um martelo.
Ao avistar os policiais militares, o acusado correu e entrou em um veículo Gol, estacionado próximo, onde seu comparsa o aguardava. Rapidamente, o carro saiu em alta velocidade e a PM, com apoio de outra viatura policial, realizou cerco para prender os criminosos.
Devido à alta velocidade e à forte chuva, o condutor do veículo perdeu o controle e colidiu contra o muro do clube de campo na rua João José Rodrigues, no bairro Seis Irmãos.
Realizadas a abordagem policial e a busca pessoal, nada de ilícito a PM localizou, porém, durante busca veicular, duas toucas ninjas, uma réplica de pistola, um martelo e um celular foram encontrados. Questionados a respeito da fuga e dos referidos objetos, os indivíduos confessaram ser moradores de Campinas e confirmaram que estavam na cidade para realizar o furto na referida loja, quando acabaram surpreendidos pelos policiais militares.
Segundo a PM, os dois homens foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Tietê e lá permaneceram à disposição da Justiça.
FURTO À RESIDÊNCIA – Também em Tietê, no sábado, 6 de julho, uma mulher, de 64 anos, varria a calçada da sua casa, na rua Professor Franklin Augusto de Moura Campos, no Centro, quando viu um homem de boné e jaqueta escura pular o muro da sua residência e levar sua bolsa com todos os documentos e R$200 em dinheiro.
Vítima confirmou a ação ao entrar na residência e notar, ainda, que haviam sido subtraídos dois aparelhos celulares. Idosa acionou a Guarda Civil Municipal (GCM), que orientou a vítima registrar a ocorrência na Delegacia de Polícia.
FURTO DE TRATOR – Na quinta, 4 de julho, criminosos furtaram um trator de uma fazenda que fica às margens da Rodovia Cornélio Pires (SP-127), em Tietê.
O proprietário informou à polícia que, durante a madrugada, indivíduos não identificados haviam cortado a cerca e retirado as defensas de madeira, além de distraírem os cães, para furtarem um trator com traçado nas quatro rodas, que encontrava-se dentro do barracão.
O caseiro acordou com o latido dos cães e, ao verificar, notou o furto do veículo.
Dono do trator também comentou que, na semana passada, a PM abordou indivíduos que estavam próximos à fazenda com uma prancha própria para transporte de maquinários. Após o registro de Boletim de Ocorrência (B.O.), os suspeitos foram liberados.
FURTO À OFICINA – Em Tietê, no bairro Povo Feliz, na quinta, 4 de julho, uma morsa (equipamento) que ficava em uma bancada da oficina do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), instalada na localidade, foi furtada. Oficina é cercada por muros, o que leva a acreditar que indivíduo pulou o mesmo para efetuar o furto, uma vez que no local não há câmeras de monitoramento.