Seja o protagonista!


Sonhos fazem o ser humano levar adiante sua própria vida, no entanto e muitas vezes, quem os sonha não coloca neles a disciplina e mudanças de hábitos necessárias para o movimento de transformação e para a concretização deles. Assim, as listas desses sonhos permanecem no papel ou na memória, sendo apenas idealizados e longe de acontecerem.
Na vida, os sonhos podem ser classificados em dois tipos: “aqueles que se sonha acordado”, considerados motivadores rápidos do dia a dia, porém, que vão perdendo a força à medida que o tempo passa ou conforme vão sendo realizados; e os “sonhos da alma”, que podem ser apenas um sonho, como o jovem que, desde criança, decidiu ser bombeiro, médico ou astronauta, mas que persegue esse objetivo como ponto de honra na vida. Tem, ainda, aquela criança que canta bem e já se sabe que ela vai tentar de todas as formas seguir cantando ou o pequeno artista que busca ser ator, por exemplo. Esses são os sonhos fundamentais, são a própria razão da nossa existência.
O fato é que a maioria das pessoas não sabe o que são seus sonhos reais e seus ideais da alma. Se você se vê assim, pergunte-se: o que te motiva na família, na sociedade, no profissional, além do hoje? Onde quer chegar? Depois disso, pergunte-se: será que ando me desviando do meu sonho ou quem sabe até o sufocando em nome de algo ou de alguém? Reflita, verdadeiramente, se você não tem se perdido entre sonhos de consumo e ideais que não são seus.
O primeiro passo é começar ajustando as rotas da sua vida e focar no que você deve se concentrar, de verdade. Muitas pessoas apresentam grandes níveis de insatisfação em pelo menos uma área da vida. Ocorre que a maioria delas quer uma pílula mágica que solucione, de maneira imediata, suas dores e infortúnios. Só que não existe milagres nesse caminho! Quer melhorar sua vida? Você conseguirá, mas precisará trilhar processos de autoconhecimento, perdão e desapegos.
Pense que viver melhor é somente uma questão de escolha e comprometimento com sua própria vida. Seja responsável pela sua mudança e se coloque como protagonista. Não espere o incentivo de outros. Pare de terceirizar seus ideais. O primeiro a acreditar no seu sonho tem que ser você! Faça o que precisa ser feito! Talvez você tenha que enfrentar obstáculos (veja-os como aprendizados). Porém, se você não desistir, eles darão certo, pois tudo que nasceu para ser seu, você conseguirá!